Por que você deve sempre explicar/ensinar o que você aprendeu?

Tempo de leitura: 2 minutes

Loading

O desafio de cada professor ou formador é garantir que o que é veiculado por meio da atividade educacional seja compreendido pelos estudantes. Existem graus de educação compartilhada que mais do que outros favorecem a aprendizagem duradoura dos estudantes.

“Não sei o que penso até escrever. ” – Joan Didion

É uma ironia peculiar da vida que a melhor e mais rápida maneira de aprender algo é mostrar aos outros o que você aprendeu – e não monopolizar para você mesmo.

O conhecimento deve ser livre, para trafegar na mente de outras pessoas, para se conectar a outro conhecimento. É um organismo social inato. Portanto, aprender/ensinar é o oxigênio do conhecimento.

Ao explicar para alguém o que você aprendeu, acontecem coisas mágicas antes, durante e depois:

Você não apenas aprende mais rápido quando conta para os outros, mas também:

  • Ajuda os outros a terem sucesso.
  • Constrói relacionamentos mais profundos com outras pessoas.
  • Constrói uma reputação de alguém que é inteligente e doador.
  • Torna-se um professor melhor.
  • Seja pago (se você for professor, treinador, consultor ou escritor ).

Como o efeito de explicação ajuda você a aprender mais rápido

“Enquanto ensinamos, aprendemos.” – Sêneca

Aprender NÃO é apenas receber informações

Em minha experiência sobre como aprender a aprender, é quase como se as pessoas esperassem que o aprendizado acontecesse automaticamente depois de ler um livro, ouvir um podcast, assistir a uma palestra ou ter uma experiência de vida, porém se você não vivenciar o que deseja aprender, a aprendizagem simplesmente é muito difícil de acontecer.

Olhar para o texto e esperar aprender não é muito diferente de olhar para os alimentos e esperar obter seus nutrientes. Precisamos digerir nossas experiências de vida assim como digerimos nossa comida. Sem alguma forma de processamento ativo, como aprendizagem, quase tudo que lemos se perde em semanas.

Imagine gastar 8 horas em um treinamento, depois passar 15 minutos refletindo sobre o que você aprendeu. Surpreendentemente, esses 15 minutos representam apenas 1/33 do tempo total, mas geram 20% do ganho de aprendizado.

Agora, imagine o que aconteceria se você passasse 15 minutos por dia todos os dias refletindo sobre as lições que aprendeu e compartilhando isso com outras pessoas?

Eu posso te dizer a resposta …
Aprender 20% a mais por dia e ter esse composto ao longo dos anos é uma mudança de vida.


Fonte: https://www.t-hap.com/explanation-effect-why-you-should-always-teach-what-you-learn/

Fernando Giannini

Pesquisador de tecnologia aplicada à educação, arquiteto de objetos virtuais de aprendizagem, fissurado em livros de grandes educadores e viciado em games de todos os tipos. Conhecimentos aprimorados em cursos de grandes empresas de tecnologia, principalmente no Google Business Educational Center e Microsoft. Sócio-proprietário da Streamer, empresa que alia tecnologia e educação. Experiência de 18 anos produzindo e criando objetos de aprendizagem, cursos a distância, design educacional, interfaces para sistemas de aprendizagem. Gestor de equipe para projetos educacionais, no Ensino Básico, Médio e Ensino Superior. Nesse período de trabalho gerenciou equipes e desenvolveu as habilidades de liderança e gestão. Acredita na integração e aplicação prática dos conhecimentos para a realização de projetos inovadores, sólidos e sustentáveis a longo prazo. Um dos grandes sonhos realizados foi o lançamento do curso gratuito Mande Bem no ENEM que atingiu mais de 500 mil estudantes em todo o Brasil contribuindo para a Educação Brasileira.

Participe da nossa comunidade no Whatsapp sobre Educação e Tecnologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

As 5 melhores ferramentas de IA para professores

A inteligência artificial está se tornando rapidamente parte integrante de praticamente tudo o que fazemos, e a educação não é exceção. Ela pode realmente ser o animal de estimação dos professores, aumentando a interatividade no aprendizado e "reduzindo a carga de...

Escrita à Mão Aumenta Conexões Cerebrais

Como a escrita tradicional à mão está sendo progressivamente substituída por dispositivos digitais, é essencial investigar as implicações para o cérebro humano. A atividade elétrica cerebral foi registrada em 36 estudantes universitários enquanto eles escreviam à mão...

IA na Educação

O salto para uma nova era de inteligência artificial de máquina traz riscos e desafios, mas também muitas promessas No romance de ficção científica de Neal Stephenson, The Diamond Age (A Era do Diamante), de 1995, os leitores conhecem Nell, uma jovem que recebe um...

As 10 melhores ferramentas de IA para estudantes

A Inteligência Artificial (IA) tem se tornado cada vez mais predominante em vários setores, e a educação não é exceção. Com o rápido avanço da tecnologia, graças a empresas como a Open AI, as ferramentas de IA surgiram como recursos valiosos para os estudantes que...

Seis perguntas que ditarão o futuro da IA generativa

A IA generativa tomou o mundo de assalto em 2023. Seu futuro - e o nosso - será moldado pelo que fizermos a seguir. Foi uma pessoa desconhecida que me mostrou pela primeira vez o quão grande seria a mudança de vibração deste ano. Enquanto esperávamos juntas por um...

Tag Cloud

Posts Relacionados

IA na Educação

IA na Educação

O salto para uma nova era de inteligência artificial de máquina traz riscos e desafios, mas também muitas promessas No...

Receba a nossa newsletter

Fique por dentro e seja avisado dos novos conteúdos.

Publicações mais recentes