Educação digital para prevenir abusos sexuais online

Tempo de leitura: 5 minutes

Loading

Depois de participar de uma aula incrível com a professora Beatriz Lorencini e o Felipe, fui tirado da bolha onde costumo estar a maior parte do meu tempo se não o tempo todo. Quando percebi eu estava em choque por “não saber ou escolher não saber” que existem predadores sexuais na internet. Todos os dias aparecem nos veículos de imprensa mulheres agredidas, violentadas, espancadas, mas os abusadores da internet não aparecem com a mesma frequência. Por isso vamos conversar sobre a importância da educação digital para prevenir abusos sexuais online.

Quando assisti o depoimento de uma mãe relatando o que aconteceu com a sua filha (segue abaixo), fiquei muito incomodado pois é muito simples de cair em um golpe desses, por isso hoje não vou escrever sobre o ChatGPT e sua nova atualização e como a educação pode se aproveitar disso. Vou escrever sobre a necessidade de nos educarmos para um mundo FIGITAL que é a junção do mundo físico e digital ao mesmo tempo, como diz o cientista-chefe da tds.company Silvio Meira.

https://www.instagram.com/reel/C2J3hlOOCWl/?igsh=MXFnc2dmbWhpYjZ3dQ==

É necessário educar para o ambiente virtual, sim –  o ambiente é diferente e as estratégias de aprendizagem podem ser diferentes- , mas o debate é o mesmo: educar para a cidadania. Com o mundo físico nós estamos acostumados, afinal, faz tempo que vivemos aqui e sabemos as regras, mas nem sempre seguimos. Agora, no mundo digital é bem mais complexo, primeiro porque ele é novo, segundo porque não temos regras claras e é muito complicado gerenciar. Principalmente para uma criança.

O fato de os filhos terem nascido no meio da tecnologia digital (geração z, x, w) não significa nem de longe que eles já dominam esse ecossistema,no qual, em 2023, de acordo com levantamento da Safernet (é entidade referência nacional no enfrentamento aos crimes e violações aos Direitos Humanos na Internet), o número de denúncias de abusos sexuais contra crianças e adolescentes na internet bateu recorde.  Elas cresceram 77% em relação a 2022 e totalizaram 71.867, sem contar as denúncias anônimas de 4.634.872 e os casos atendidos são de 36.609. E os pedidos de ajuda relacionados a aliciamento sexual infantil online no Helpline, o Canal de Ajuda da Safernet, registraram um aumento de 125% em relação ao ano passado.
O Safernet também divulgou hoje dados relacionados às denúncias de crimes de ódio online. Destaca-se o crescimento significativo de denúncias de xenofobia (252%), além do aumento da intolerância religiosa (29,9%) e tráfico de pessoas online (11%). O tema foi debatido na mesa “Iniciativas globais de enfrentamento a Violência Sexual Online contra crianças e adolescentes”, que aconteceu na terça-feira (6/05) no âmbito do Dia da Internet Segura 2024.
É importante lembrar que a internet não é um mundo à parte e,sim, parte do mundo que vivemos, ou seja, tudo que temos no mundo físico também encontramos na internet, acontece que nem todas as pessoas a conhecem com os seus perigos.Todos os dias aparecem novos golpes. Precisamos nos preparar, ou melhor, nos educar para sermos cidadãos FIGITAIS. Precisamos adquirir conhecimentos que estão ligados a essa “nova era”.
Recomendo assistir o filme confiar do diretor David Schwimmer. Will (Clive Owen) e Lynn (Catherine Keener) têm três filhos. Enquanto um está prestes a entrar para a faculdade, a filha do meio, Annie (Liana Liberato), começa a apresentar os sintomas comuns das adolescentes que querem se parecer mais velhas e ser aceitas entre seus pares. Publicitário bem sucedido e super envolvido com a profissão, Will procura ter uma relação de confiança com os filhos, mas Annie inicia um relacionamento no computador com um jovem de 16 anos e dá continuidade através do telefone. Sem que seus pais soubessem, ela aceita o convite dele para um encontro, mas a surpresa que ela tem no primeiro momento é só o começo de um pesadelo que marcará para sempre a sua vida e a de sua família.
Clicando neste link você pode assistir o fime

O que é o Abuso Sexual na Internet?

O abuso sexual na internet refere-se ao uso da rede para cometer crimes sexuais, incluindo o abuso e a exploração de crianças e adolescentes. Esse tipo de violência pode ocorrer de várias formas, tais como abuso online e pornografia infantil.

Abuso Online

O abuso online é a manifestação do abuso sexual através da internet. Os abusadores muitas vezes adotam uma abordagem sedutora, conquistando a confiança das crianças e adolescentes, frequentemente através de uma técnica conhecida como **grooming**. Nesse processo, o abusador elogia, oferece presentes, chantageia e até intimida a vítima

Pornografia Infantil

A pornografia infantil é uma forma de exploração sexual que envolve a produção, utilização, exibição e comercialização de material com cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes. Este comércio criminoso alimenta redes de abusadores que podem adquirir tais materiais ou contratar serviços de exploração sexual.


Como Prevenir o Abuso Sexual na Internet

Educação e Conscientização – A prevenção é a estratégia mais eficaz no combate ao abuso sexual online. A educação e a conscientização são fundamentais para capacitar crianças e adolescentes a reconhecerem e evitarem situações de risco. É importante que pais e responsáveis mantenham um diálogo aberto e honesto sobre os perigos da internet e orientem sobre comportamentos seguros.

Monitoramento e Controle Parental –  Os pais devem monitorar a atividade online de seus filhos, utilizando ferramentas de controle parental que permitem restringir o acesso a conteúdos inadequados e monitorar interações nas redes sociais. Isso inclui configurar privacidade nas redes sociais, bloquear mensagens de estranhos e manter o computador em um local comum da casa.
Utilização de Recursos e Serviços de Apoio – Existem diversas organizações e serviços que oferecem apoio e orientação sobre como lidar com o abuso sexual na internet. Hotlines e serviços de apoio institucional, como escolas e a polícia, podem ser extremamente úteis para lidar com situações de risco.
Dicas Práticas para Crianças e Adolescentes 
1. Não Compartilhe Informações Pessoais: Evite divulgar informações como endereço, escola, número de telefone ou qualquer dado que possa ser usado para localizá-lo.
2. Cuidado com Estranhos: Não aceite solicitações de amizade ou mensagens de estranhos. Desconfie de pessoas que pedem fotos ou informações pessoais.
3. Relate Comportamentos Suspeitos: Se alguém fizer você se sentir desconfortável ou tentar se encontrar pessoalmente com você, informe imediatamente um adulto de confiança.
4. Use Configurações de Privacidade: Configure as redes sociais para que apenas amigos e conhecidos possam ver suas informações e postagens.
5. Bloqueie e Denuncie: Utilize ferramentas para bloquear e denunciar qualquer usuário que se comporte de maneira inapropriada.

Conclusão

A internet, apesar de ser uma ferramenta poderosa de comunicação e aprendizado, também apresenta riscos significativos de abuso sexual. A prevenção, através da educação, monitoramento e utilização de recursos de apoio, é essencial para proteger crianças e adolescentes desses perigos. A colaboração entre família, escola e comunidade é vital para criar um ambiente seguro onde os jovens possam navegar pela internet com segurança.
Referências
1. **Projeto PIAR**: Proteja nossas crianças e jovens portadoras de necessidades especiais. Disponível em: [Cartilha PIAR] (9:0).
2. **Pesquisa TIC Kids Online Brasil 2014**: Pesquisa sobre o uso da internet por crianças e adolescentes no Brasil. Disponível em: [TIC Kids 2014](9:18).
Autor: Fernando Giannini
Fernando Giannini

Pesquisador de tecnologia aplicada à educação, arquiteto de objetos virtuais de aprendizagem, fissurado em livros de grandes educadores e viciado em games de todos os tipos. Conhecimentos aprimorados em cursos de grandes empresas de tecnologia, principalmente no Google Business Educational Center e Microsoft. Sócio-proprietário da Streamer, empresa que alia tecnologia e educação. Experiência de 18 anos produzindo e criando objetos de aprendizagem, cursos a distância, design educacional, interfaces para sistemas de aprendizagem. Gestor de equipe para projetos educacionais, no Ensino Básico, Médio e Ensino Superior. Nesse período de trabalho gerenciou equipes e desenvolveu as habilidades de liderança e gestão. Acredita na integração e aplicação prática dos conhecimentos para a realização de projetos inovadores, sólidos e sustentáveis a longo prazo. Um dos grandes sonhos realizados foi o lançamento do curso gratuito Mande Bem no ENEM que atingiu mais de 500 mil estudantes em todo o Brasil contribuindo para a Educação Brasileira.

Participe da nossa comunidade no Whatsapp sobre Educação e Tecnologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Competências essenciais na era digital

A proliferação da IA em muitos aspectos da vida humana - desde o lazer pessoal até o trabalho profissional, passando pelas decisões políticas globais - impõe uma questão complexa sobre como preparar as pessoas para um mundo interconectado e em rápida mudança, que está...

Cinco passos para utilizar o ChatGPT na sala de aula

Como professor, é quase certo que você já tenha utilizado inteligência artificial (IA), mesmo que uma vez ou diariamente em seus trabalhos acadêmicos sem saber ou se importar como ela funciona. Um exemplo disso é a filtragem de spam de e-mail e o verificador...

43 exemplos de inteligência artificial aplicados na educação

O potencial do uso da inteligência artificial na educação para aprimorar o aprendizado, auxiliar os professores e estimular um aprendizado individualizado mais eficaz é empolgante, mas também um pouco assustador. Para se ter uma conversa inteligente sobre IA na...

Impacto de robôs na curiosidade infantil

Resumo A curiosidade é fundamental para o aprendizado, mas as crianças em idade escolar apresentam variações em sua vontade de adquirir informações. Pesquisas recentes sugerem que outras pessoas têm uma forte influência no comportamento exploratório das crianças. Será...

10 práticas para utilizar IA em sala de aula

Nos primeiros dias de dezembro de 2022, tarde da noite, sob o manto da escuridão, digitei avidamente "ChatGPT" em minha barra de pesquisa do Google. Entrei no mundo da IA com nervosismo e entusiasmo, como quando entrava em uma loja de doces quando criança e era...

Quatro maneiras de inspirar a curiosidade em seus estudantes

A humildade e a curiosidade podem incentivar os alunos a serem apaixonados pela aprendizagem e abertos às perspectivas e opiniões dos outros, vamos conhecer as quatro maneiras de inspirar a curiosidade em seus estudantes. Um estudo de 2018, os pesquisadores...

Tag Cloud

Posts Relacionados

[dgbm_blog_module posts_number=”4″ related_posts=”on” show_categories=”off” show_pagination=”off” item_in_desktop=”2″ equal_height=”on” image_size=”mid” author_background_color=”#ffffff” disabled_on=”off|off|on” module_class=”PostRelacionado” _builder_version=”4.16″ _module_preset=”default” title_font=”Montserrat||||||||” title_text_color=”#737373″ title_font_size=”19px” title_line_height=”25px” meta_text_color=”#666″ meta_font_size=”13px” content_font_size=”13px” content_line_height=”30px” author_text_color=”#666666″ custom_css_content_container=”display:flex;||flex-wrap:wrap;” custom_css_image-container=”padding-top:70%;||overflow:hidden;” custom_css_image=”position:absolute;||top:0;||left:0;||bottom:0;||right:0;||object-fit: cover;||height:100%;||width:100%;” custom_css_title=”padding:20px;||margin-top:0;||order:2;” custom_css_content=”padding:0 20px 20px;||order:3;” custom_css_post-meta-middle=”order:1;||padding:20px;||border-bottom:1px solid #dcdcdc;||border-top:1px solid #dcdcdc;” border_width_all_post_item=”0px” border_width_all_content=”0px” box_shadow_style_container=”preset1″ box_shadow_blur_container=”5px” box_shadow_spread_container=”1px” box_shadow_color_container=”rgba(0,0,0,0.1)” global_colors_info=”{}”][/dgbm_blog_module]

Receba a nossa newsletter

Fique por dentro e seja avisado dos novos conteúdos.

Publicações mais recentes