Por que é bom para as crianças ter amigos de diferentes origens socioeconômicas

Tempo de leitura: 3 minutes

Loading

Amizades que fazem a ponte entre classes sociais – “amizades entre classes” – podem minimizar as diferenças de desempenho acadêmico do ensino médio que são baseadas no nível de educação dos pais, de acordo com uma pesquisa do Projeto de Diversidade Escolar da UCLA.

Como estudiosos do desenvolvimento do adolescente, examinamos as diferenças de desempenho acadêmico entre 4.288 alunos do ensino médio na Califórnia, com base no nível de educação de seus pais. Dezessete por cento dos pais ou responsáveis ​​de estudantes em nossa amostra não receberam diploma de segundo grau, 12% tinham diploma de segundo grau ou equivalente, 28% frequentaram alguma faculdade, 23% tinham diploma de quatro anos e 20% tinham pós-graduação grau.

O desempenho acadêmico dos alunos foi avaliado usando GPAs, pontuações do teste padronizado estadual e envolvimento acadêmico conforme relatado por professores na sexta série e novamente no ano seguinte.
Para avaliar amizades entre classes, os alunos listaram os nomes de seus bons amigos em sua série e comparamos os níveis de educação dos pais de amigos em comum. Cerca de metade de todos os alunos da amostra teve pelo menos uma amizade entre classes na sexta série.

Consistente com pesquisas anteriores, quando os alunos não tinham amigos de outras classes, descobrimos que o desempenho acadêmico tendia a ser menor entre os alunos cujos pais não tinham diploma universitário em relação aos alunos cujos pais tinham diploma universitário.

No entanto, algumas diferenças de desempenho foram reduzidas com a amizade entre classes. Por exemplo, notas, notas de testes padronizados e envolvimento acadêmico não diferiram entre os alunos cujos pais tinham diploma do ensino médio e superior, quando esses alunos tinham pelo menos um amigo de classe cruzada.

Por que isso importa
Muitas vezes, as amizades são deixadas de fora da conversa quando os acadêmicos e as escolas pensam em como melhorar o desempenho dos alunos. Mas os adolescentes podem obter conhecimento e know-how valiosos de seus amigos, incluindo ajuda com o dever de casa e estratégias de estudo.

Nossos resultados sugerem que amizades entre classes podem, em parte, ajudar a nivelar o campo de jogo acadêmico durante os anos do ensino médio, quando as disparidades de desempenho socioeconômico podem aumentar. O ensino médio também é um período em que pré-adolescentes e adolescentes se tornam cada vez mais independentes de seus pais e dependem mais dos amigos.

Nossos dados não nos dizem por que amizades entre classes podem funcionar como um equalizador acadêmico. Mas é possível que, quando adolescentes de diferentes origens socioeconômicas se tornam amigos, eles aprendem uns com os outros novos insights e habilidades valiosas que podem apoiar o sucesso acadêmico.

O que ainda não se sabe
É importante reconhecer que várias dessas diferenças de conquistas não variam com a amizade entre classes. Por exemplo, as diferenças de desempenho entre alunos cujos pais não tinham diploma de segundo grau e aqueles cujos pais tinham diploma universitário não foram alteradas por amizades entre classes. Mais estudos são necessários para investigar o porquê disso.

Com base nas descobertas atuais, também não sabemos como a amizade entre classes pode diminuir as diferenças de desempenho. Por exemplo, uma questão a ser considerada é se eles criam mais oportunidades para os jovens falarem sobre suas estratégias de estudo e abordagens para o dever de casa. E, dado nosso foco no ensino médio, não sabemos se nossas descobertas se estendem ao ensino fundamental ou médio.

Qual é o próximo
Algumas das próximas etapas de nosso trabalho incluem enfocar em como as escolas moldam a capacidade dos alunos de formar e manter amizades entre classes.

Assim como uma maior diversidade étnica escolar promove a formação de amizades étnicas cruzadas , a diversidade socioeconômica escolar provavelmente facilita as amizades entre classes. Ou seja, quando alunos de origens diferentes compartilham aulas, é mais provável que se tornem amigos. Acreditamos que a investigação deste tópico é crítica à luz da crescente segregação socioeconômica nas escolas públicas dos EUA, o que pode restringir as oportunidades de os alunos fazerem amizades com colegas de diferentes origens e contribuir para as lacunas de desempenho.

Também esperamos investigar os possíveis resultados sociais associados à amizade entre classes. Por exemplo, assim como as amizades entre etnias melhoram as atitudes em relação a outros grupos étnicos, os laços entre classes, acreditamos, podem desempenhar um papel crítico na redução de estereótipos de classe negativos e na promoção do entendimento mútuo entre jovens de diferentes origens socioeconômicas.

Autor: Beth Daley
Fonte: The Conversation
Artigo Original: https://theconversation.com/why-its-good-for-kids-to-have-friends-from-different-socioeconomic-backgrounds-157386

Fernando Giannini

Pesquisador de tecnologia aplicada à educação, arquiteto de objetos virtuais de aprendizagem, fissurado em livros de grandes educadores e viciado em games de todos os tipos. Conhecimentos aprimorados em cursos de grandes empresas de tecnologia, principalmente no Google Business Educational Center e Microsoft. Sócio-proprietário da Streamer, empresa que alia tecnologia e educação. Experiência de 18 anos produzindo e criando objetos de aprendizagem, cursos a distância, design educacional, interfaces para sistemas de aprendizagem. Gestor de equipe para projetos educacionais, no Ensino Básico, Médio e Ensino Superior. Nesse período de trabalho gerenciou equipes e desenvolveu as habilidades de liderança e gestão. Acredita na integração e aplicação prática dos conhecimentos para a realização de projetos inovadores, sólidos e sustentáveis a longo prazo. Um dos grandes sonhos realizados foi o lançamento do curso gratuito Mande Bem no ENEM que atingiu mais de 500 mil estudantes em todo o Brasil contribuindo para a Educação Brasileira.

Participe da nossa comunidade no Whatsapp sobre Educação e Tecnologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Aprendendo com IA: espelhos sociais e intelectuais

Até recentemente, as interações humanas com máquinas antropomorfizadas (entidades não-humanas que são atribuídas características humanas) eram consideradas divertidas, mas não eram vistas como emocionalmente relevantes para a maioria das pessoas. Embora muitos se...

10 efeitos negativos do uso de celulares para as crianças

Crianças de todo o mundo (embora não todas) utilizam smartphones para diversas finalidades. Algumas passam horas conversando com amigos, enquanto outras se dedicam a jogar inúmeros jogos. A Internet é frequentemente considerada uma fonte de conhecimento para as...

Sistemas de tutoria inteligente

Adaptação da aprendizagem de acordo com o nível e ritmo do estudante Os sistemas de tutoria inteligente se baseiam na capacidade de adaptar a aprendizagem de acordo com o nível e o ritmo do estudante. Usando inteligência artificial e técnicas de aprendizado de...

Quanto custa manter a nuvem no céu para o meio ambiente?

À medida que a humanidade aumenta sua capacidade de intervir na natureza com o objetivo de satisfazer as necessidades e desejos crescentes, aparecem as tensões e conflitos quanto ao uso do espaço e dos recursos naturais. Quanto custa manter a nuvem no céu para o meio...

Competências essenciais na era digital

A proliferação da IA em muitos aspectos da vida humana - desde o lazer pessoal até o trabalho profissional, passando pelas decisões políticas globais - impõe uma questão complexa sobre como preparar as pessoas para um mundo interconectado e em rápida mudança, que está...

Educação digital para prevenir abusos sexuais online

Depois de participar de uma aula incrível com a professora Beatriz Lorencini e o Felipe, fui tirado da bolha onde costumo estar a maior parte do meu tempo se não o tempo todo. Quando percebi eu estava em choque por "não saber ou escolher não saber" que existem...

Tag Cloud

Posts Relacionados

[dgbm_blog_module posts_number=”4″ related_posts=”on” show_categories=”off” show_pagination=”off” item_in_desktop=”2″ equal_height=”on” image_size=”mid” author_background_color=”#ffffff” disabled_on=”off|off|on” module_class=”PostRelacionado” _builder_version=”4.16″ _module_preset=”default” title_font=”Montserrat||||||||” title_text_color=”#737373″ title_font_size=”19px” title_line_height=”25px” meta_text_color=”#666″ meta_font_size=”13px” content_font_size=”13px” content_line_height=”30px” author_text_color=”#666666″ custom_css_content_container=”display:flex;||flex-wrap:wrap;” custom_css_image-container=”padding-top:70%;||overflow:hidden;” custom_css_image=”position:absolute;||top:0;||left:0;||bottom:0;||right:0;||object-fit: cover;||height:100%;||width:100%;” custom_css_title=”padding:20px;||margin-top:0;||order:2;” custom_css_content=”padding:0 20px 20px;||order:3;” custom_css_post-meta-middle=”order:1;||padding:20px;||border-bottom:1px solid #dcdcdc;||border-top:1px solid #dcdcdc;” border_width_all_post_item=”0px” border_width_all_content=”0px” box_shadow_style_container=”preset1″ box_shadow_blur_container=”5px” box_shadow_spread_container=”1px” box_shadow_color_container=”rgba(0,0,0,0.1)” global_colors_info=”{}”][/dgbm_blog_module]

Receba a nossa newsletter

Fique por dentro e seja avisado dos novos conteúdos.

Publicações mais recentes